Sem qualificação não há solução | maio/2017

Sem qualificação não há solução | maio/2017

22
0

O Brasil começa aos poucos a superar a crise e retomar gradativamente o crescimento. Embora seja visível essa retomada, ainda temos mais de 14 milhões de desempregados, e isso se deve, em grande parte, ao fato de que, com a crise, apenas os melhores foram mantidos no emprego.

Mas você acha que se justifica, nos dias de hoje, ser demitido por não ser qualificado o suficiente? A avalanche de informações, nas mais variadas plataformas, vídeos, podcast, livros, infográficos, mapas mentais, tudo isso disponibilizado gratuitamente para quem realmente deseja aprender.

E por que cargas d´água, mesmo com tudo isso disponibilizado gratuitamente, pessoas ainda são desligadas por falta de capacitação adequada para o trabalho?

A resposta pode lhe parecer chocante, mas tenho que dizer: A principal razão é a preguiça. Todos querem alcançar o topo, mas não querem o sacrifício necessário para chegar lá. Quem estará disposto a chegar em casa e estudar até meia noite, tendo que acordar às cinco da manhã? Quem está disposto a trocar o final de semana de forró, praia, caranguejo e cerveja gelada, para assistir aquela série de curso de seis horas e depois ler uma apostila de mais de cem páginas?

Pois é, essa é a diferença de quem sabe que não existe vitória sem esforço.

Mas vamos lá, nem tudo é ruim nesse texto. Tenho uma boa notícia para você: Ainda dá tempo! Sim, meu amigo e minha amiga, ainda dá tempo de aprender, de se preparar para a retomada da economia; dá tempo de ser o profissional cobiçado que as empresas esperam; mas, para isso, é necessário tomar uma decisão, pagar o preço e sair da zona de conforto, pois, como diz aquele ditado Japonês:

“Treine enquanto eles dormem, estude enquanto eles se divertem, persista enquanto eles descansam, e então, viva o que eles sonham.”

Seja senhor do seu destino. Avante e sucesso para vocês.

Jorge Costa
Consultor Marketing e Política
jorge@jorgewcosta.com.br

www.academiadeherois.com

Comments

comments