Greve dos professores de Maracanaú

Greve dos professores de Maracanaú

51
0

No dia 27 de setembro tivemos uma importante paralisação da rede municipal de educação em Maracanaú (CE). Em assembleia geral, nesse mesmo dia, a categoria de professores deliberou por iniciar uma greve a partir de 3 de outubro, pois o prefeito Firmo Camurça (do PR) não assumiu o compromisso de implementação do Plano de Cargos e Carreiras (PCCR) e pagamento dos dois salários acertados através de acordo anterior na Justiça. A Prefeitura acenou apenas com a possibilidade de pagar os dois salários com a condição da categoria assinar um termo se comprometendo em renunciar ao restante dos 60% do dinheiro referente ao precatório que está em juízo. Uma verdadeira chantagem.

A categoria de profissionais em educação de Maracanaú, entretanto, tem como principal objetivo a aplicação do PCCR, tendo em vista que no ano que vem será o início da PEC do teto de gastos e nosso plano poderá passar muito tempo engavetado.

A greve teve início com um grande ato em frente à Secretaria de Educação. Os trabalhadores fizeram uma caminhada pelas ruas centrais de Maracanaú e à tarde ocorreu assembleia para reafirmar a decisão da greve. Essa assembleia contou com a presença de cerca de mil professores que reafirmaram a greve por tempo indeterminado.

Comments

comments