2018 vem aí e é hora de bater a poeira de 2017, que foi, de fato, um ano complicado sob vários aspectos e se preparar para o ano que começa.

O grande imperador francês, Napoleão Bonaparte, tem uma frase interessante sobre a capacidade de adaptação e planejamento: “A grande arte é mudar durante a batalha. Ai do general que vai para o combate com um esquema.” A frase poderia ser interpretada da seguinte maneira: Qualquer plano está fadado ao fracasso, caso você não tenha a capacidade de se adaptar às circunstâncias.

Pois bem, concordo com Napoleão, mas sei também que o imperador fazia planos, embora estivesse pronto a muda-los caso a necessidade exigisse. Partindo desse pressuposto, que tal algumas observações sobre o planejamento pessoal para 2018?

Seguem aqui alguns pontos que considero importante:

  • Relacione suas maiores conquistas em 2017.

Por mais complicado que tenha sido o ano de 2017, você certamente superou vários obstáculos. Questões financeiras, sentimentais, de saúde, de aprendizagem. Relacione estas vitórias e veja que habilidade, qualidades e talentos te fizeram superá-los. Trabalhe para fortalecer ainda mais estes pontos. Você vai chegar ainda mais forte em 2018

  • Agora relacione os projetos que você deseja realizar em 2018.

Para realizar o que você deseja em 2018, o que ainda falta? As habilidades, qualidades e talentos que você já tem são suficientes para seu sucesso? Senão, o que você precisa fazer? Relacione todas as coisas de que você vai precisar para alcançar os objetivos e o que você precisa fazer para conseguir tais coisas.

  • Agora que você já relacionou o que deseja, qual os prazos para início e conclusão dos projetos.

Seja realista, mas não deixe de colocar as datas, pois normalmente quando não colocamos data para realizar as coisas, temos a tendência de adiar ou executar coisas fora do planejado, deixando o que já foi definido para depois. Você tem que colocar datas para o início o fim dos projetos.

  • Seja realista

Não coloque metas que você sabe que não poderá cumprir – eu sei que ter fé é fundamental e que vale a pena ter grandes metas – mas existem coisas que você sabe que não terá condições de completar em apenas um ano, por exemplo: Comprar aquela mansão em Miami pode ter que esperar mais um pouco, logo, é melhor que a meta seja: Juntar dinheiro para compra da mansão em Miami. Colocar metas irreais, mina nossa motivação e não é isso o que precisamos.

A toda equipe do ExpressoCE e a todos os nossos leitores, um 2018 cheio de vitória.

Jorge Costa

Consultor de Marketing e Politica

jorge@jorgewcosta.com.br

www.academiadeherois.com

Comments

comments