COMPARTILHAR

Campeonato de pontos corridos, como a Série B do Brasileiro, não tem “partida final”, daquelas que quem vencer é campeão. Mas há, no meio da peleja de 38 rodadas, algumas decisões. Jogos-chaves, em momentos cruciais, que definem ambições no restante do torneio. Hoje, às 20h30min (horário de Fortaleza), no Castelão, contra o Guarani-SP, pela 34ª rodada, o Ceará terá um desses compromissos. O primeiro de cinco que faltam para o Vovô sacramentar o retorno à elite do futebol nacional.

“A partir de agora cada jogo é mais decisivo, mas estamos preparados. Entrando na reta final a gente sabe que cada ponto é importantíssimo, e não podemos desperdiçar jogando em casa. Temos que pressionar, impor nosso ritmo de jogo para vencer o Guarani. É isso que vamos fazer”, garantiu o atacante Élton, confirmado no time titular.



O time do técnico Marcelo Chamusca terá a missão de provar aos seus torcedores que a apatia demonstrada na derrota por 1 a 0 para o Juventude, na última sexta-feira, foi um ponto fora da curva no desempenho da equipe, que vinha antes de nove jogos de invencibilidade.

Embora esteja ainda em situação tranquila na tabela, ocupando a 3ª colocação com 58 pontos e sem correr risco de deixar o G-4 ao fim desta rodada, independente dos resultados, é hora de refutar qualquer dúvida sobre o time.



Para isso, terá que mostrar imposição e qualidade de jogo no caldeirão que se formará no Castelão, que tem sido um dos amuletos do time na atual campanha. O Alvinegro transformou a arena em um ambiente hostil aos adversários e não perde no estádio há mais de três meses. O último revés — dos três que possui na Segundona dentro de casa — aconteceu no dia 21 de julho, diante do Goiás, por 1 a 0. Desde então, o Vovô fez oito jogos com seis vitórias e dois empates. Até ontem, mais de 20 mil ingressos tinham sido vendidos. “Mais que nunca a gente precisa da ajuda deles, e eles têm consciência disso. Eles jogam junto com a gente. Estamos em busca de um objetivo e o apoio deles é de suma importância”, disse o meia Ricardinho.

FORÇA MÁXIMA 

O treinador alvinegro contará com força máxima para o duelo de hoje. Sem nenhum desfalque por suspensão ou lesão, mandará a campo o que tem de melhor. A única mudança ocorrerá na lateral esquerda, já que Romário, que cumpriu suspensão automática na rodada passada, retoma a vaga que foi ocupada por Rafael Carioca.

Líder de assistências do time na temporada, com oito passes para gols, o camisa 6 é uma peça importante para o sistema ofensivo do alvinegro.

 

Números

 

58 É a pontuação do Ceará após 33 rodadas da Série B. Se vencer os três jogos restantes em casa, Vovô conseguirá acesso.

8 É o número de jogos seguidos que o Alvinegro não perde no Castelão, pela Série B. Foram seis vitórias e dois empates

 

SÉRIE B 2017

CEARÁ 

TÉCNICO: MARCELO CHAMUSCA

4-2-3-1:

Éverson; Richardson, Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Raul e Pedro Ken; Ricardinho, Lima e Leandro Carvalho; Elton

 

GUARANI 

TÉCNICO: LISCA

4-5-1: Leandro Santos; Lenon, Ewerton Páscoa, Diego Jussani e Salomão; Baraka, Betinho, Bruno Nazário, Richarlyson e Fumagalli; Caíque Local: Castelão, em Fortaleza-CE Data e hora: 7/11/2017, às 20h30min Árbitro: Marielson Alves Silva (BA) Assistentes: Marcos Welb Rocha de Amorim (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA) Ingressos: R$ 40 (Superior – inteira) a R$ 120 (setor Premium – inteira) Transmissão: Premiere FC, Rádio O POVO/CBN (FM 95.5 e AM 1010) e Tempo Real em www.opovo.com.br/esportes.