COMPARTILHAR

O prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, passa a comandar o DEM na próxima quarta-feira (7), em cerimônia realizada em Brasília (DF), segundo informações do jornal Correio. Ele substituirá o senador Agripino Maia à frente do partido.

“É um grande desafio assumir o comando do partido em um momento como esse. O Democratas está sendo refundado para liderar a construção de um novo projeto para o Brasil. Seremos protagonistas desse novo momento da política brasileira”, declarou. A cerimônia vai acontecer em Brasília.



+ Morando na Colômbia, Janot tem divulgado Lava Jato pelo mundo

Já nesta quinta-feira (8), a legenda realiza sua convenção nacional, ocasião em que o nome de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, deve ser oficialmente lançado como pré-candidato ao Planalto.



Na ocasião, Maia deve aproveitar para se testar. Tudo indica que adotará um discurso próprio, que defenda as reformas, legado do governo de Michel Temer, porém sem se comprometer tanto com a pauta exclusivamente econômica do presidente. O motivo é simples: manter independência em relação a um governo que tem baixíssimos índices de aprovação, e poder criticá-lo.

O objetivo sa sigla é fazer com que ele decole, já que até agora só foi lembrado por 1% dos eleitores, nas últimas pesquisa de intenção de voto. Segundo aliados do presidente da Câmara, o prazo para isso ocorrer é até maio, quando eles planejam que ele alcance pelo 7% da preferência da população.