COMPARTILHAR

Condenado em segunda instância a mais de 12 anos de prisão no processo que envolve um apartamento em Guarujá (SP), Lula poderá ser preso ainda este mês. A avaliação, de acordo com a coluna "Radar", seria da cúpula do próprio PT.

Diante da eventual prisão, dois dos prováveis caminhos a serem seguidos pelo partido seriam o reforço do discurso de perseguição e a escolha de um nome alternativo para a campanha presidencial. Ao longo da semana, no entanto, Lula concedeu entrevista ao jornal Folha de S. Paulo na qual rechaçou a possibilidade de a siga trabalhar um plano B.

Leia também: Pezão deve se tornar o 1º governador denunciado pela Lava Jato

Comments

comments