COMPARTILHAR

As barricadas que isolam a Vila Kennedy foram instaladas novamente pelos traficantes neste domingo (4), um dia após as Forças Armadas fazerem operação na favela da zona Oeste do Rio de Janeiro. As barreiras, que atrapalham a circulação da Polícia e de rivais, foram erguidas novamente, segundo moradores, horas após a saída do Exército. A ideia é deixar a comunidade à mercê dos líderes do crime.

+ 50% dos brasileiros defendem que 'bandido bom é bandido morto'

No balanço do Comando Militar do Leste (CML), das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, 16 barricadas – feitas com blocos de concreto – tinham sido retiradas da comunidade.

Durante revista de 700 moradores, cinco pessoas foram presas por suspeita de envolvimento com o tráfico. Além disso, 300 veículos foram revistados, resultando a apreensão de dez carros e seis motos. Cerca de 1400 militares participaram da operação.

Comments

comments