COMPARTILHAR

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acredita que a espiral de abertura por parte da Coreia do Norte seja "sincera". A revelação foi feita em declaração a jornalistas em Washington, e o republicano também elegeu o responsável pela redução da tensão na Península da Coreia: "Eu". Segundo Trump, as repetidas sanções contra Pyongyang foram determinantes para a reabertura do diálogo, assim como a "ajuda da China".

+ Espanholas convocam greve internacional de mulheres no 8 de março



As declarações chegam após a Coreia do Sul ter dito que Kim Jong-un está disposto a suspender suas atividades de desenvolvimento de mísseis balísticos e nucleares. Em troca, ele quer garantias para a manutenção e segurança do regime.

Os dois países realizaram um histórico encontro em Pyongyang, onde Kim recebeu pessoalmente uma delegação sul-coreana pela primeira vez. Com informações da Ansa.