COMPARTILHAR

Um bimotor que se aproximava do aeroporto de Sorocaba, no interior de São Paulo, voltou a subir no momento em que o avião de Michel Temer (MDB) estava taxiando na pista na sexta-feira (2). O presidente foi ao local com sua equipe para entregar ambulâncias do Samu.

A imagem foi flagrada por um morador da região que estava no aeroporto para ver o presidente, segundo a TV TEM. No vídeo, é possível ver que o bimotor sobrevoa o aeroporto e algumas pessoas falam: "arremeteu".



+ Doria encerra bolsas anticrack de Haddad: 'Braços Abertos para a Morte'

Um piloto que não quis se identificar disse à emissora que, como o aeroporto de Sorocaba não tem torre de controle, apesar de ter um grande volume de aeronaves circulando, se o bimotor não tivesse visto o avião onde estava Temer, poderia ter ocorrido um acidente.



Notícias ao Minuto

"Nós teríamos dois riscos: ou ele pousar e ter uma colisão sobre a pista, ou a manobra que ele fez de arremetida. Se nós tivéssemos uma torre, ela como órgão de controle de tráfego aéreo coordenaria essa separação entre as aeronaves pra gente ter segurança na operação. Se ele não visse e pousasse era iminente uma colisão no solo."

Segundo a assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB), a situação foi normal. "As operações foram coordenadas por meio da frequência de rádio do aeródromo. Ressaltamos que os procedimentos de pouso e decolagem foram realizados de acordo com as normas de segurança do tráfego aéreo."

O Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp) informou que a torre de controle do aeroporto está sendo construída. "A primeira etapa das obras foi entregue em junho de 2017 e realizada com investimentos de mais de R$ 13,8 milhões do Governo do Estado de São Paulo. Já a segunda etapa, na qual serão instalados os equipamentos de navegação, está em processo de licitação. A implantação será realizada em convênio com o Governo Federal, por meio da Secretaria da Aviação Civil (SAC). Os investimentos estão previstos em R$ 8,2 milhões".