COMPARTILHAR

Os trabalhadores da Apple ainda estão se adaptando às instalações da nova seda da empresa, o Apple Park, na Califórnia. O edifício circular desenhado pelo famoso arquiteto Norman Foster tem uma linha arrojada e o vidro desempenha um papel fundamental. De tal forma, que recebeu um tratamento especial para atingir um nível de transparência. Mas, de acordo com o San Francisco Chronicle, essa transparência tem tido consequências dolorosas para alguns trabalhadores.

O jornal afirma que os funcionários da Apple continuam esbarrando contra as paredes de vidro e, pelo menos três, teriam se machucado, tendo sido necessário chamar os serviços de emergência médica.



Um inspetor do edifício já tinha alertado para esta possibilidade. Albert Salvador teria referido que os trabalhadores não iam conseguir perceber onde acabavam as portas e onde começavam as paredes.

Tentando evitar que estes "encontros" com as paredes de vidro fossem tão frequentes, os funcionários começaram a colocar post-its nas paredes. No entanto, foram retirados e substituídos por adesivos retangulares, semelhantes aos colocados nas portas de vidro de algumas lojas da Apple.



Em janeiro, o vice-presidente de imobiliário e desenvolvimento da Apple, Dan Whisenhunt, admitiu publicamente este problema. “Algumas pessoas têm se chocado contra os vidros. É um problema que estamos tentando resolver”, disse.