COMPARTILHAR

Ministros e servidores do Tribunal de Contas da União (TCU) gastaram R$ 5,9 milhões em viagens nacionais e internacionais, incluindo custos com diárias e passagens aéreas, durante o ano de 2017.

Como apurado pelo jornalista Lauro Jardim no Globo, a maior parte dos gastos – R$ 3,8 milhões – foi com deslocamentos nacionais de servidores. Para altas autoridades, foram pagos R$ 876,3 mil, sendo que R$ 148 mil foram solicitados em uma cota na qual não é necessário apresentar justificativa.



O ministro que mais usou o dinheiro público para viagens foi Augusto Nardes (R$ 135 mil), seguido por Aroldo Cedraz (R$ 101,4 mil).

Leia também: Manuela D'Ávila diz que ela e Ciro vão estar do mesmo lado em 2º turno