COMPARTILHAR

O empregado de uma fábrica de produção de garrafas, que fornece Coca-Cola, foi despedido depois de ter sido visto urinando para dentro de uma das garrafas.

O homem, na casa dos 40 anos, foi apanhado por outros colegas de trabalho da Ball Corporation, em Buckinghamshire, no Reino Unido, e decidiram denunciá-lo.



O homem, que trabalharia na empresa há alguns meses, foi despedido imediatamente e impedido de regressar, reporta o Metro.

A empresa em causa é responsável pela produção das garrafas da Coca-Cola, Carlsberg e da bebida energética Monster.



Alguns trabalhadores alegam que a empresa se limitou a limpar a zona onde ocorreu o incidente e decidiu autorizar a continuação da produção. Já os responsáveis da empresa garantem que a garrafa em causa não estava na zona de produção da empresa.