COMPARTILHAR

Uma transexual baleada em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, recebeu alta médica nesta sexta-feira (2). Segundo a prefeitura, Nayara Montenegro, de 30 anos, estava internada no Hospital Municipal Rocha Faria. O crime ocorreu na manhã desta quinta-feira (1º).

No momento dos disparos, a vítima estava acompanhada pela travesti Alessandra da Silva Alves, de 50 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.



Testemunhas informaram que as duas trabalhavam como garotas de programa na Rua Amaral Costa, quando uma pessoa atirou, de dentro de um carro, na direção da dupla.

Leia também: Reús do incêndio da boate Kiss não irão a júri popular