COMPARTILHAR

Um homem afegão admitiu ter esfaqueado e ferido quatro pessoas em Viena na quarta-feira (7) por "estar agressivo e de mau humor pelo estado da sua vida". A informação foi anunciada nesta quitna-feira (8) pelas autoridades locais.

Em comunicado, a polícia disse que o homem, de 23 anos, cometeu todos os ataques e negou que qualquer um deles tenha tido motivações políticas. Ele foi detido ainda na noite da quarta-feira, pouco tempo depois de esfaquear um jovem de 20 anos, também natural do Afeganistão, disse o porta-voz da polícia local, Patrick Maierhofer.



+ Adolescente é morto a tiros perto de cinema londrino

Uma hora antes, o atacante teria desferido golpes com uma faca em três membros de uma família que passeava pelo centro da cidade.



As autoridades confirmaram que as vítimas, com idades compreendidas entre os 17 e os 67 anos, estão no hospital, estando a mais velha ainda em estado crítico e as outras três em situação estabilizada.

Apesar do ataque à família aparentemente ter sido espontâneo, o autor do ataque confessou à polícia que conhecia a quarta vítima. Ele também afirmou que teria o procurado porque "o considera responsável pelo vício que teve pela droga". Com informações da Lusa.