COMPARTILHAR

O líder do governo no Senado, senador Romero Jucá (MDB-RR), esteve presente à convenção nacional do Democratas (DEM), nesta quinta-feira (8), que lançou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, como pré-candidato do partido à presidência da República.

"Venho com satisfação testemunhar o Democratas se fortalecendo mais ainda", disse o senador, um dos homens de confiança do presidente Michel Temer. "Entendo que todos nós, partidos que comungamos de uma visão de centro, moderna, que tem que valorizar a economia, todos nós temos que estar unidos nessa transição que continua. 2018 é um período decisivo para o Brasil", avaliou.



+ Só não vamos conversar com o PT, diz ACM Neto sobre alianças

O partido de Jucá também analisa ter um candidato próprio ao Planalto, e para tanto são cogitados os nomes do presidente República, e o do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.



Apesar dos planos, o senador fez questão de destacar que a candidatura de Maia é uma "contribuição importante" para o debate eleitoral. "Quero aqui estender a mão aos Democratas. Temos que estar unidos, temos que buscar a melhor construção política", afirmou Jucá.