COMPARTILHAR

A Fundação Getulio Vargas (FGV) realizou uma pesquisa sobre a percepção da população me relação à Lei Maria da Penha. O levantamento revelou que para a maioria – 53% dos entrevistados – acha que lei “protege pouco” as vítimas.

Ainda de acordo com a pesquisa, para 27% dos entrevistados, a legislação não “protege nada”.



+ Câmara aprova projeto que torna crime a importunação sexual

Dentre as pessoas que acreditam que a lei “protege muito”, a maioria está em Pernambuco (29%) e a minoria encontra-se em São Paulo (12%).



A FGC ouviu 1.650 pessoas em oito estados.