COMPARTILHAR

Vestígios de um agente tóxico que ataca o sistema nervoso que envenenou um ex-espião russo e sua filha foram encontrados no pub em que os dois almoçaram no dia 3, em Salisbury (130 km de Londres). Serguei Skripal, 66, e sua filha Iulia, 33, foram achados no domingo (4) desacordados em um banco em um parque da cidade. Eles ainda estão internados em estado grave.

Autoridades britânicas pediram neste domingo a todas as pessoas que tenham se aproximado de Skirpal e de sua filha no dia do almoço que lavassem suas roupas. Além disso, recomendaram que lavassem óculos em água quente e que limpassem seus aparelhos celulares com lenços umedecidos.

+ Helicóptero cai em rio em Nova York; vídeo

Cerca de 500 pessoas podem ter se contaminado, segundo as autoridades. Alguns dos agentes tóxicos conhecidos que atacam o sistema nervoso são o gás sarin e o VX. Este último é a substância que acredita-se ter sido usada no assassinato de Kim Jong-nam, meio-irmão do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, na Malásia.

Ao atacarem o sistema nervoso, interrompem ou dificultam funções corporais, levando a convulsões e à morte. Normalmente elas entram no corpo pelo nariz ou a boca ou são absorvidas pelos olhos ou a pele. Na quinta, a premiê Theresa May disse que o Reino Unido responderia de maneira apropriada se ficar comprovado envolvimento de Moscou no envenenamento. A Rússia nega participação. Com informações da Folhapress.

Comments

comments