COMPARTILHAR

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Angelino Alfano, telefonou nesta quinta-feira (15) para seu homólogo britânico, Boris Johnson, e disse estar "muito preocupado" pela tentativa de homicídio contra o ex-espião russo Serghei Skripal.

Segundo o chanceler italiano, o episódio "colocou em risco muitas vidas humanas".



"Exprimimos nossa forte solidariedade ao governo e ao povo britânico. É particularmente grave o uso de um agente químico, vetado por convenções internacionais, no território do Reino Unido", declarou.

Nesta sexta-feira (16), o primeiro-ministro Paolo Gentiloni deve ligar para a premier britânica, Theresa May. Com informações da ANSA.