COMPARTILHAR

O grupo fundamentalista Estado Islâmico, de vertente sunita, assumiu a autoria do ataque a bomba realizado nesta quarta-feira (21), na Universidade de Cabul, na capital do Afeganistão. Um homem teria se infiltrado em um grupo de fieis xiitas que comemoravam o Ano Novo Persa (celebração conhecida como Nawruz) no local e provocado a explosão. Ao menos 26 pessoas morreram e 18 ficaram feridas.

A explosão teria ocorrido enquanto as pessoas começavam a se dispersar da celebração, realizada em um santuário do bairro de Kart-e-Char, nas imediações da Universidade de Cabul e do Hospital Ali Abad, conforme relata a ANSA.

+ Ao menos 26 morrem em atentado perto da Universidade de Cabul

Depois do ataque suicida desta manhã, autoridades informaram que o plano de segurança da capital afegã será reestruturado, com o objetivo de evitar novas ocorrências em larga escala.

O Ano Novo Iraniano, também conhecido como Ano Novo Persa, costuma ser comemorado em diversas partes do mundo por iranianos que fazem parte de determinados grupos étnicos e linguísticos, como a simbolizando uma transição para o ano seguinte. Embora a data seja muito festejada no Afeganistão, o Nawruz tem sido criticado pelos mulçumanos que consideram a celebração contrária aos preceitos do Islamismo.

Comments

comments