COMPARTILHAR

O suspeito dos ataques a bombas de Austin, que teria sido o responsável por uma série de explosões mortais no Texas, morreu nesta segunda-feira (21), conforme adiantou o New York Daily News. Ele teria morrido após a explosão do carro que dirigia, enquanto era perseguido por policiais que tentavam detê-lo. Um policial também teria se ferido durante a operação, de acordo com informações do G1.

As notícias da morte do suspeito coincidem com um tiroteio que envolveu a polícia e que interrompeu a circulação de uma rodovia em Austin, cerca das 3h da madrugada desta quarta-feira (21), nos Estados Unidos.



A polícia já confirmou o tiroteio e remeteu mais informações para uma conferência de imprensa que deve ser realizada em breve.

+ Nova explosão no Texas deixa ao menos um ferido



O homem é suspeito de seis explosão na zona de Austin, capital do Texas, ocorridas entre 2 de março e esta quarta-feira (21). Na sequência das mesmas explosões, duas pessoas morreram e outras quatro ficaram gravemente feridas.