COMPARTILHAR

Um norte-americano da cidade de Tilton, no estado de New Hampshire, recorreu a uma decisão polêmica para que a filha de 8 anos possa, supostamente, se proteger de ataques no ambiente escolar. Segundo o jornal Metro, Joshua McDonald comprou um revólver calibre 22 para a pequena Adrianna e, nos últimos dias, vem treinando a menina à melhor utilização da arma.

"Com ataques a tiros se tornando tão comuns nos últimos anos, queremos (também a mãe) que ela esteja preparada para se defender da melhor forma possível com uma arma de fogo. Deixar nossas crianças assustadas com armas não vai ajudar. Pode ser que o seu filho seja aquele que vai salvar toda a escola de um massacre", disse.



+ Por cuidados e atenção, idosas cometem delitos para serem presas

A opção por um revólver calibre 22 deu-se pelo modelo apresentar um "coice" mais suave, portanto menos impactante ao manuseio de uma criança de 8 anos.



Notícias ao Minuto

Notícias ao Minuto