COMPARTILHAR

Em mais uma mudança de equipe do presidente Donald Trump, o assessor de segurança nacional da Casa Branca, general H. R. McMaster, anunciou nesta quinta (22) que irá se aposentar e deixará o posto no mês que vem.

McMaster será substituído por John Bolton, que foi embaixador dos EUA nas Nações Unidas durante o governo de George W. Bush.



+ Por cuidados e atenção, idosas cometem delitos para serem presas

Embora a saída tenha sido costurada de comum acordo, as relações entre o general e Trump não andavam das melhores, e já se especulava sobre sua iminente saída -em especial após decisões do presidente que ignoraram conselhos de seu gabinete, como parabenizar o presidente russo Vladimir Putin por sua reeleição.



Na semana passada, o republicano já havia substituído o secretário de Estado, Rex Tillerson.

Tillerson, junto com McMaster, integrava o time dos "moderados" na Casa Branca, que, além de agregar experiência ao governo, buscavam controlar os impulsos de Trump, em especial na política externa. Mais recentemente, porém, o presidente passou a se cercar de assessores mais alinhados ao seu ideário protecionista.

Trump afirmou nas redes sociais que McMaster fez um "trabalho excepcional" e que "sempre será seu amigo".

Na semana passada, questionado sobre sua eventual saída, McMaster disse a repórteres que "ninguém fica para sempre" na Casa Branca. Com informações da Folhapress.