COMPARTILHAR

Segundo o jornal francês Le Monde, 3 vítimas fatais foram confirmadas em decorrência de um homem armado que mantinha reféns em um supermercado em Trèbes, na França, nesta sexta-feira (23). Além disso, o terrorista também foi morto. Ele era de origem marroquina e vivia em Carcassonne, informaram as autoridades locais.

Duas mortes já haviam sido confirmadas pelas autoridades. A terceira vítima fatal estava a bordo do carro Opel Corsa. A segunda pessoa a bordo do veículo foi ferida e transportada para o hospital em Perpignan, afirma o periódico.



Das duas pessoas que foram mortas no Super U, uma delas foi identificada como sendo o açougueiro.

Segundo o Lefigaro, o tenente-coronel, de 45 anos, que voluntariamente se ofereceu em troca de um refém está "gravemente ferido", disse o ministro do Interior Gerard Collomb, de Trèbes.



O ministro elogiou o "heroísmo" do oficial, que estava à frente do primeiro pelotão que interveio no local do ataque.

Durante a tomada de reféns, ele deixou o telefone ligado, disse o ministro, permitindo que as forças de intervenção seguissem o que estava acontecendo lá dentro.