COMPARTILHAR

O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho formalizou sua candidatura ao comando do Estado, nessa quinta-feira (22), durante evento realizado em um clube, no bairro da Tijuca, na capital fluminense.

Para compor a chapa que disputará as vagas hoje ocupadas por Luiz Fernando Pezão (MDB) e Francisco Dornelles (PP), Garotinho contará com o ex-ministro do Trabalho Brizola Neto como vice. Ele é neto de Leonel Brizola, governador do Rio por dois mandatos, nos anos 80 e 90.



+ PF aponta propina de US$ 15 milhões na refinaria de Pasadena

+ Cármen Lúcia nega privilégio a Lula e lamenta bate-boca entre ministros



Para sair candidato, Garotinho se filiou ao Partido Republicano Progressista (PRP), um sigla nanica, depois que a sua antiga legenda, o PR, extinguiu o diretório em Campos dos Goytacazes (RJ), onde ele e a mulher, Rosinha Garotinho, já foram eleitos prefeitos.

Já Brizola Neto deixou o PDT, fundado pelo avô, e ingressou em uma sigla quase tão pequena quanto a do titular, o Pros, de acordo com informações da Veja.

Anthony Garotinho comandou o Rio entre 1999 e 2002.