COMPARTILHAR

Uma celebração de carnaval fora de época terminou em tragédia em Maputo, capital de Moçambique, na madrugada deste domingo (25). Ao tentar fugir de uma fiscalização dos agentes de trânsito locais, um motorista supostamente embriagado teria capotado o veículo a seis quilômetros do centro da capital, atingindo uma multidão que participava da festa de carnaval. Até o momento 23 mortes foram confirmadas, sendo 21 vítimas atingidas pelo veículo, além do próprio motorista e de outra pessoa que estaria no carro no momento do acidente.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) informou ao Diário de Notícias que outras 32 vítimas estão hospitalizadas, 26 delas em estado grave. Do total de vítimas, 21 morreram no local e outras 2 a caminho do hospital. Elas teriam entre 15 e 30 anos, enquanto o motorista teria 42 anos.



+ Atentado com carro-bomba deixa 4 mortos na Somália

O acidente aconteceu por volta das 2h da madrugada (21 horas, horário de Brasília) na Estrada Nacional 04, considerada a mais importante estrada de ligação entre Matola e Maputo. Este seria o pior caso registrado na história do país envolvendo apenas um veículo, conforme destacou o departamento de Trânsito do Comando Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) à Agência Lusa. A polícia aguarda o resultado da análise de sangue do motorista do veículo para verificar se ele conduzia sob efeito de álcool.