COMPARTILHAR

Carles Puigdemont, antigo líder do governo catalão, encontra-se detido na Alemanha pela polícia local.

Esta situação, explica o El Pais, aconteceu quando o ex-líder da Generalitat estaria de carro tentando passar a fronteira alemã, vindo da Dinamarca. Puigdemont estaria agora à espera que se resolvam as diligências relacionadas com o mandado de detenção que pende sobre ele.



Foi o próprio advogado do antigo líder catalão, Jaume Alonso-Cuevillas, quem confirmou esta situação. Puigdemont teria sido mandado parar pela polícia alemã ao final desta manhã. Ele esteve durante este fim de semana na Finlândia.

Neste domingo (25) estaria a caminho de Hamburgo para, a partir desta cidade alemã, regressar à Bélgica, onde tem se refugiado desde a ordem de prisão que Madrid emitiu em seu nome.



Vale ressaltar que vários dirigentes catalães foram detidos pelas autoridades espanholas por sedição, na sequência da declaração de independência da Catalunha. Já Puigdemont escapou para a Bélgica, onde tem estado durante os últimos meses.

No Twitter, o advogado do ex-líder catalão confirmou que Puigdemont está detido.

1. El president Carles Puigdemont ha estat retingut a Alemanya quan creuava la frontera des de Dinamarca, de camí cap a Bèlgica des de Finlàndia.

— J. Alonso-Cuevillas (@JaumeAlonsoCuev) March 25, 2018

Durante este fim de semana, o advogado de Puigdemont admitiu que esteve horas sem saber do paradeiro exato do cliente.

Até este momento não há mais detalhes sobre a situação. A retenção surge em uma altura em que foi reativado o mandado de detenção europeu de Carles Puigdemont.

[Notícia em atualização]