COMPARTILHAR

Funcionários da Maternidade Odete Valadares, em Belo Horizonte, denunciaram uma infestação de formigas na unidade de saúde. Um vídeo gravado no hospital mostra os insetos circulando no meio do material hospitalar, como tubos de soro, e no rosto de um recém-nascido.

Segundo informações do G1, a Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas Gerais (Asthemg) diz ter acionado a direção da maternidade.



“Absurdo! Recém-nascidos são atacados por formigas na maternidade Odete Valadares. Nos berçários da maternidade, os bebês recém-nascidos que estão em incubadoras estão sendo atacados por formigas existentes no setor”, afirmou a Asthemg.

+ Carro de luxo de funkeiro bate em poste e deixa um morto em SP



Em nota, a Maternidade Odete Valadares informou que o bebê mostrado novídeo passa bem, mas permanece sob cuidades na unidade de saúde. A instituição reconheceu a incidência de formigas no Centro de Terapia Infantil (CTI) neonatal e garantiu que, além da dedetização, o esquema de limpeza do local foi alterado.

A maternidade alega que a unidade já havia passado por dedetização, mas que as formigas reapareceram, o que exigiu aplicação de formicida mais potente. Com isso, os bebês tiveram que ser transferidos para outros leitos. “Junto a isso, foi realizada uma desinfecção terminal no local, após o remanejamento para outros leitos de todos os bebês e da troca das incubadoras”, informou.