COMPARTILHAR

Segundo o balanço mais recente, pelo menos 64 pessoas morreram no incêndio que destruiu um centro comercial, neste domingo (25), na cidade russa de Kemerovo, na Sibéria. Esta segunda (26) havia ainda outras 12 pessoas hospitalizadas. Há várias crianças entre as vítimas.

O fogo teve origem em um dos cinemas situados no quarto e último andar do shopping, e dali se propagou a todo o edifício.



Já se sabia que o alarme anti-incêndios do edifício não foi acionado, mas a BBC adianta que, segundo as investigações preliminares que estão ocorrendo neste momento, havia também cinco saídas de emergência que estavam "bloqueadas" enquanto as chamas se propagavam.

Como destaca a Lusa, nas redes sociais, circulavam vídeos gravados por testemunhas durante a noite que mostravam visitantes do centro comercial saltando pelas janelas para fugir das chamas.



O comitê criado para investigar o caso assumiu que houve "violações sérias" das regras de segurança por parte do centro comercial.