COMPARTILHAR

Um bispo nomeado pelo Vaticano foi detido em sua diocese chinesa de Mindong, informou nesta terça-feira (27), o site religioso especializado em notícias da Ásia, Asianews.

A detenção pode abalar o histórico acordo que está para ser firmado entre a Santa Sé e a China.



O religioso chinês Vincent Guo Xijin, preso junto com outro religioso, segundo denunciou a AsiaNews, subordinada ao Instituto Pontifício para as Missões no Exterior da Igreja católica, noticiou o Correio do Povo.