COMPARTILHAR

As mentiras sobre a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada juntamente com o motorista Anderson Gomes no dia 14 de março, chegaram até a parede de um restaurante no Jardim Botânico, o B. de Burger, no Rio de Janeiro.

Segundo revela o blog de Marina Caruso, do jornal O Globo, no espaço reservado para pichações dos clientes, consta: "Marielle, presente hoje e sempre". No entanto, foram escritas as seguintes emendas: "Casou com Marcinho VP. Era do comando vermelho".



+ Sob pressão, Exército faz ações e patrulha pontos turísticos do Rio

A blogueira avisou um dos proprietários da casa, Pedro Mutzenbecher, que encarregou-se de recuperar a homenagem à vereadora. "Dei uma disfarçada. Pintei umas flores sobre as ofensas", explicou. "A gente está sempre monitorando. A ordem é apagar palavrões e mensagens políticas", completou Pedro.