COMPARTILHAR

Dois ônibus da caravana de Lula pela região Sul do Brasil, foram alvejados na terça-feira (27). Os tiros atingiram a lataria do veículo que estava no caminho entre as cidades paranaenses de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul. Lula estava estava em outro veículo que não foi atingido. Não houveram feridos.

Alguns dos líderes da caravana de Lula, Gleisi Hoffmann presidente do PT, o líder do PT na Câmara, deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), e o coordenador da caravana, Márcio Macedo, exigiram resposta das autoridades.



"As pessoas estão muito assustadas, não é pra menos. Nós achamos isto algo inusitado, nunca esperávamos por este grau de violência. A violência contra a caravana vem crescendo, nós temos alertado as autoridades, eu particularmente falei algumas vezes com o ministro Raul Jungmann(…) O fato é que nós não temos proteção". Disse Gleisi em coletiva após o incidente.