COMPARTILHAR

Associações de classe ligadas a produtores rurais brasileiros estão promovendo convocação para ato em frente ao STF (Supremo Tribunal Federal) no dia 4 de abril, data do julgamento do habeas corpus impetrado pelo ex-presidente Lula.

Segundo a Folha de S. Paulo, as áreas de segurança do governo estão monitorando a situação com a preocupação de que atritos venham a ocorrer entre os ruralistas e militantes do PT.



+ Integridade de Lula é responsabilidade do governo Temer, diz PT

O clima de animosidade ficou ainda maior após o ataque a tiros sofrido pela caravana do ex-presidente na terça-feira (27), no interior do Paraná.