COMPARTILHAR

As manifestações contrárias à caravana realizada pelo PT na região Sul do país foram alvo de críticas da senadora Regina Sousa (PT-PI), nesta terça-feira (27). Ela afirmou em pronunciamento que já conhecia a corrente separatista existente em Porto Alegre, mas disse que não imaginava a dimensão dos protestos.

Regina classificou como inominável o que chamou de "ação de vândalos", que, conforme destacou, atiraram pedras e ovos contra os ônibus e praticaram atos de violência que culminaram com mulheres hospitalizadas. Além disso, de acordo com a senadora, o ex-deputado Paulo Frateschi quase teve a orelha decepada por uma pedra. Ela acredita que a ação foi combinada.



— Eu não entendo como é que alguém pode apoiar um ato daquele. Pedradas, ovo, relhos. Aquela cena só se via na escravidão, nos filmes sobre escravos — disse. Com informações da Agência Senado.