COMPARTILHAR

Em menos de dois anos de governo, o presidente Michel Temer aproveitou cerimônias no Palácio do Planalto para condecorar ao menos seis ministros com medalhas de honra.

Nesta terça-feira (27), Osmar Terra (Desenvolvimento Social) recebeu a Ordem do Mérito Médico pelo ministro Ricardo Barros. A cerimônia marcou o fim da atuação de Barros na Saúde.



Candidato à reeleição ao cargo de deputado federal, ele entregou nesta terça sua carta de demissão e deve deixar o cargo na próxima semana.

Entre os ministros já foram homenageados este ano Mendonça Filho (Educação) e Ricardo Barros (Saúde) com a medalha de mérito Oswaldo Cruz, em fevereiro.



Em março, Temer homenageou novamente Mendonça, além de Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Gilberto Kassab (Comunicações), Helder Barbalho (Integração) e Osmar Terra. Na ocasião eles receberam medalhas da Ordem do Mérito Educativo.

Além de Terra, o governo homenageou ainda parlamentares da base como a deputada Raquel Muniz (PSD-MG), o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA), e o senador Waldemir Moka (MDB-MS).

Temer disse que os profissionais da área da saúde que têm mandato legislativo "cuidaram da saúde do Brasil e conseguiram saudabilidade extraordinária para a sociedade brasileira". Com informações da Folhapress.