COMPARTILHAR

Um incêndio em uma penitenciária do norte da Venezuela deixou ao menos 68 mortos na última noite, incluindo duas visitantes, segundo afirmaram autoridades locais nesta quarta-feira. "O Ministério Público garante que vamos aprofundar as investigações para esclarecer de forma imediata esses dolorosos acontecimentos que levaram o luto a dezenas de famílias venezuelanas", declarou o procurador-geral Tarek Saab.

+ Motorista joga carro contra militares na França



De acordo com Saab, quatro fiscais foram destacados para apurar os detalhes do incidente na prisão de Carabobo, o qual, segundo relatos iniciais da mídia local, teria sido provocado por uma tentativa de motim.

"Nos inquéritos preliminares, os resultados moldaram a morte de 66 homens e duas mulheres que se encontravam na condição de visitantes. Neles, foram executados os respectivos protocolos de autópsia e entrega respectiva dos corpos a seus familiares." Com informações da Sputnik News Brasil.



Notícias ao Minuto