COMPARTILHAR

Foi lido em plenário nesta quarta-feira (28) o comunicado de filiação partidária da senadora Kátia Abreu ao Partido Democrático Trabalhista (PDT).

A senadora de Tocantins estava sem partido desde novembro de 2017, quando foi expulsa do MDB por decisão do Conselho de Ética do partido.



A medida foi tomada após Abreu criticar o governo do presidente Michel Temer e não seguir as orientações do partido.

Leia também: Em vídeo, Bolsonaro diz querer Alexandre Frota como ministro da Cultura