COMPARTILHAR

Ao prestar solidariedade à família do policial militar Afonso Miller, de 23 anos, que morreu nessa terça-feira (28), o senador Magno Malta (PR-ES) defendeu a redução da maioridade penal.

Miller foi baleado em um atentado no dia 20 de março em Vila Velha (ES). Dois menores foram apreendidos, suspeitos de terem atirado.



"De cada dez assassinatos no Brasil, sete têm um homem travestido de criança. A redução da maioridade penal não trará o fim violência, mas é responsável por 50% disso", apontou.

+ PF apura suspeita de ligação de Temer com porto de Santos desde 2004



Magno Malta também chamou a atenção para a denúncia do ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, que revelou que ele e sua família têm recebido ameaças. Para o senador, a sociedade precisa reverberar o relato.