COMPARTILHAR

O presidente Michel Temer cancelou a viagem a São Paulo, onde passaria o feriado de Páscoa com a familia, para receber o advogado Antonio Claudio Mariz, nesta sexta-feira (30), em Brasília.

Como apurado pela jornalista Andréia Sadi no G1, a decisão foi tomada após prisão de amigos e pessoas próximas ao presidente pela Polícia Federal na quinta-feira (29).



+ Gilmar sobre prisão de amigos de Temer: 'Haverá questionamentos'

Mariz defende Temer no inquérito que apura se o presidente recebeu propina em troca da edição de um decreto que favoreceu empresas que atuam no Porto de Santos.



O emedebista nega as acusações. No entanto, segundo a publicação, o Planalto já espera por uma nova denúncia contra Temer.