COMPARTILHAR

Durante evento realizado em Curitiba na quinta-feira (29), o pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) defendeu a extinção do Ministério da Cultura. O deputado estava acompanhado do ator Alexandre Frota, com quem brincou ao longo da semana ao dizer que, se eleito, o nomearia como ministro da pasta.

"Nós vamos extinguir o Ministério da Cultura e teremos apenas uma secretaria para tratar do assunto. Hoje em dia, o Ministério da Cultura é apenas centro de negociações da Lei Rouanet", disse, segundo o Uol.



+ Netflix foi notificada por Lula há um ano sobre 'O Mecanismo'

Bolsonaro acrescentou que criaria uma secretaria ao Ministério da Educação para tratar dos temas ligados à cultura.