COMPARTILHAR

As Forças Armadas do Iraque planejam lançar uma operação transfronteiriça visando combater terroristas no território da Síria, declarou o primeiro-ministro iraquiano, Haider al-Abadi. "A situação na Síria continua representando um desafio real e estamos focados em encontrar uma solução. Acabamos de combater o terrorismo no Iraque para combater o terrorismo na Síria", disse al-Abadi aos jornalistas durante coletiva de imprensa semanal, citado pela agência Rudaw.

+ França pede calma a Israel após repressão violenta a protesto palestino



O ministro notou que os planos em questão foram discutidos no sábado (31) com comandantes militares do Iraque, destacando que o Iraque não tem intenções de violar a soberania de qualquer Estado.

"Nosso projeto se desenvolveu a partir da luta contra o terrorismo no Iraque para a luta contra o terrorismo na região… [Mas] não queremos exceder nossos limites, e não vamos transgredir os de outros países", afirmou o premiê.



Haider al-Abadi admitiu que os terroristas do grupo Estado Islâmico ainda estão presentes em algumas partes do país, mas prometeu eliminá-los. O premiê iraquiano anunciou o fim da luta contra o Estado Islâmico em dezembro passado após as tropas iraquianas terem restabelecido o controle total sobre a fronteira com a Síria.

O Daesh controlou o Iraque por alguns anos, desde 2014, após ter capturado a segunda maior cidade iraquiana, fazendo desta a chamada capital terrorista do país. No verão de 2017, as forças iraquianas recuperaram o controle de Mossul, e em novembro da cidade de Rawa, último bastião islâmico no país. Com informações da Sputnik News Brasil.