COMPARTILHAR

Uma jovem muçulmana de 19 anos foi brutalmente atacada com socos por um homem dentro de um hospital na cidade de Dearborn, em Michigan, nos Estados Unidos. Ela buscava informações na recepção e estava usando o hijab — vestimenta típica das mulheres muçulmanas.

De acordo com informações do 'G1', o advogado da vítima, Majed Moughni, disse que a violência aconteceu porque ela é muçulmana. O agressor foi identificado como John Salvatore Deliz, de 57 anos. Ele e a vítima não se conheciam.



+ Arábia Saudita terá multa ou prisão para quem olhar celular do cônjuge

A mulher, que não teve seu nome divulgado, procurou o setor de emergência do Beaumont Hospital em 10 de fevereiro depois de escorregar na neve e se ferir levemente. Ela conversava com a atendente quando um homem veio repentinamente em sua direção e passou a desferir socos em sua cabeça.



Funcionários imediatamente socorreram a jovem e contiveram o homem. As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança do hospital. Assista!