COMPARTILHAR

Um grupo de turistas europeus sequestrado em Camarões, na região sudoeste do país africano, foi finalmente libertado pelo Exército. Além dos turistas transformados em reféns, o governo local também divulgou, nesta quarta-feira (4), que seis vereadores camaroneses foram soltos em outra operação realizada esta semana.

A agência France Presse divulgou declaração oficial do ministro da Comunicação, Issa Tchiroma Bakary. "Uma operação permitiu libertar 12 turistas europeus", teria afirmado o ministro. Sete deles seriam suíços e os outros cinco italianos.



+ Itália inicia consultas para formação de novo governo

Os viajantes teriam sido rapados por um grupo de terroristas na povoação de Moungo-Ndor, quando estavam próximos do local conhecido por Dois Lagos. Em outra operação, na região do noroeste camaronês, o exército libertou os seis conselheiros municipais.