COMPARTILHAR

As visitas ao Taj Mahal, em Agra, na Índia, passaram a ter limite de três horas por pessoa.

A medida, que entrou em vigor no dia 1º de abril, visa melhorar o fluxo de visitantes e evitar que multidões se acumulem durante o dia, segundo o porta-voz da atração, D. N. Dimri, afirmou à rede CNN.



+ Além de Lula: relembre 7 presidentes condenados e presos pelo mundo

Durante a alta temporada, o Taj Mahal chega a receber 50 mil visitantes por dia. Por ano, a média é de sete milhões. Não há limite de ingressos por dia.



As entradas serão vendidas com hora marcada e conferidas ao final do passeio. Se o visitante tiver ultrapassado o período, deverá pagar mais um ingresso.

Adultos pagam mil rupias (R$ 51) para a visita. A entrada para crianças e adolescentes é gratuita.

O domo da construção passa por restauração desde dezembro de 2017, parte final do processo de limpeza que já dura mais de dois anos. Com informações da Folhapress.