COMPARTILHAR

A ex-presidente Dilma Rousseff é uma das presentes na missa em homenagem a Marisa Letícia, que acontece neste sábado (07), em São Bernardo do Campo. Ao discursar, ela aproveitou a ocasião para demonstrar seu apoio a Lula, que teve a prisão decretada e deve se entregar à PF após a celebração.

"O presidente Lula é um homem de religião e homem de fé, que se inspira num representante da Igreja Católica que teve compromisso com os mais pobres, que tinha e que redigiu o primeiro documento contrário à escravidão. Um dos primeiros defensores da terra nas primeiras formas de vida, um ecologista. Um grande inspirador do Papa Franciso, que escolheu o seu nome para o representar e que honra a melhor tradição da Igreja Católica e representado aqui pelo nosso querido Dom Angelico. O presidente Lula se inspirou nesses valores, nessa oração", declarou Dilma.



+ SAIBA TUDO SOBRE A PRISÃO DE LULA AQUI

A petista, que vai se candidatar ao Senado nas próximas eleições, foi convidada por Dom Angelico a ler a Oração de São Francisco .Antes, ela foi apresentada como "uma irmã nossa, que até o fim legítimo do seu mandato, dado pelo seu povo, continua sendo a presidenta do Brasil". Dilma foi recebida pelos presentes aos gritos de "Dilma, eu te amo".



Após a leitura da oração, a declaração da ex-presidente foi seguida pela canção "Asa Branca", de Luiz Gonzaga, um hino nordestino associado à trajetória política do presidente. O público protestou com gritos de "Não se entrega", pedindo ao presidente Lula que continuasse com a resistência.