COMPARTILHAR

Fontes oficiais anunciaram, neste sábado (7), a morte do líder do grupo Estado Islâmico (EI), Qari Hikmat, no Norte do Afeganistão. Ele morreu durante um bombardeio aéreo realizado pelas forças aéreas afegãs e americanas, nessa sexta-feira (6).

"Qari Hikmat era uma figura-chave do Daesh (acrônimo do EI em árabe) no norte do Afeganistão, responsável e relacionado a inúmeros ataques terroristas", afirmou o Ministério da Defesa em um comunicado.



+ Polícia confirma quatro mortes em atropelamento na Alemanha

De acordo com informações do G1, a operação ocorreu em Darzab, na província de Jawzjan. Além da morte de Hikmat, vários homens que atuavam com ele também foram atingidos e mortos.



"É um duro golpe para o Daesh", afirmou o chefe da polícia de Jawzjan, Faqir Mohamed. O sucessor do líder do grupo EI já foi anunciado. A pasta disse que Mawlawi Habib-ul-Ruhman assumirá o comando no lugar de Hikmat.