COMPARTILHAR

Militantes que estão dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está desde quinta-feira (5), bloquearam o portão e passagens internas do prédio. O objetivo seria dificultar a saída do petista e da Polícia Federal.

Como apurado pelo jornal Folha de S. Paulo, líderes de movimentos sociais estão tentando acalmar os manifestantes, mas eles apresentam resistência para que Lula se entregue à polícia.



O carro onde estava o ex-presidente chegou a ser impedido de deixar o sindicato por um cordão de isolamento.

Leia também: São Bernardo: policiais federais estão disfarçados dentro do sindicato