COMPARTILHAR

O Movimento Brasil Livre (MBL) publicou uma nota sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter resistido à prisão na noite desta sexta-feira (6). O movimento também disse que as autoridades brasileiras foram "covardes".

"Causa-nos espanto o amadorismo e a covardia apresentados pelas autoridades envolvidas na prisão do ex-presidente Lula. Desde o despacho do Juiz Sérgio Moro, dando-lhe prazo para se apresentar até a ridícula 'negociação' com o condenado", diz o comunicado publicado no Facebook.



O MBL fez ainda um paralelo da prisão com o filme "Polícia Federal- a lei é para todos", sobre a operação Lava Jato.

"O exemplo deixado nesta sexta-feira é exatamente o contrário do filme sobre a Lava Jato protagonizado pela PF: aparentemente, 'a lei é para todos' com a exceção de Lula, que pode decidir como e quando se apresentar às autoridades competentes", afirma.



Veja a nota na íntegra:

Leia também: Prédios da Justiça Federal são pichados após ato pró-Lula no Rio