COMPARTILHAR

O governo do Chile anunciou nesta segunda-feira (9) que concederá vistos especiais a venezuelanos que fugirem do regime de Nicolás Maduro a partir do próximo dia 16. As informações são da AFP.

Ao mesmo tempo, o país restringirá a entrada de haitianos. No comunicado, o presidente Sebastián Piñera afirmou que é hora de "botar ordem em casa", após a publicação da taxa de estrangeiros, que atualmente chega a um milhão de pessoas. Destes, cerca de 300 mil vive em situação irregular.



+ Trump promete resposta sobre a Síria em até 48 horas

O visto aos venezuelanos poderá ser solicitado no consulado chileno em Caracas, com possiblidade de renovação.



Já para os haitianos, o visto será de turismo simples, com permanência por um período máximo de 30 dias. Imigrantes do paós também poderão pedir um visto para fins humanitários de 12 meses somente no consulado chileno no Haiti, com direito a uma prorrogação desde que os solicitantes já tenham família no Chile.