COMPARTILHAR

Diante do fato de a Polícia Federal não fornecer qualquer item, além de colchão, para o bem-estar de detentos, familiares e amigos do ex-presidente Lula tiveram de comprar alguns itens essenciais levados na mala do petista ao cácere, em Curitiba.

Lula levou lençóis, fronhas, toalhas, sabonetes, cobertor e travesseiros. Acabou ficando de fora, segundo a Folha de S. Paulo, o aparelho de apneia normalmente utilizado pelo petista para dormir.



Leia também: Pessoas próximas a Lula temem depressão do ex-presidente no cárcere