COMPARTILHAR

O presidente Michel Temer e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes se reúnem, hoje (10), no Palácio do Planalto, em Brasília (DF).

A pauta do encontro não foi divulgada. Também participa da conversa o novo ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. Até esta terça-feira, ele ocupava a Secretaria-Geral da Presidência.



No último mês de março, o presidente foi incluído em inquérito da Lava Jato no STF. O ministro Edson Fachin, relator da força-tarefa na Corte, acatou pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). No processo também são investigados o próprio Moreira Franco, além do ministro Eliseu Padilha, da Casa Civil. O caso envolve o suposto favorecimento da empresa Odebrecht durante o período em que Padilha e Moreira Franco foram ministros da Secretaria da Aviação Civil, entre os anos de 2013 e 2015.

+ Penas máximas contra Lula podem chegar a 118 anos



Temer ainda é alvo de um segundo inquérito no Supremo, sob a relatoria do ministro Luis Roberto Barroso, que investiga o favorecimento de empresas do setor portuário por meio de decreto assinado por ele, em maio do ano passado.

Relação

Temer e Mendes são amigos e se encontram com certa frequência, de acordo com informações do portal G1.

Em novembro do ano passado, por exemplo, o ministro foi até o Palácio do Jaburu, residência de Temer, num dia de domingo, para encontro fora da agenda oficial. Na ocasião, foi alvo de críticas. À época, a assessoria de Gilmar Mendes alegou que a reunião era para tratar da "reforma política e de reformas institucionais".

Dois meses antes, em outro encontro fora da agenda, o presidente da República convidou o ministro para um jantar, no qual trataram, conforme o próprio Mendes, do aperfeiçoamento do sistema presidencialista.